Bilheteria EUA: Grind House decepciona

9 04 2007



Algo surpreendente na bilheteria este mês: o fracasso de Grind House, novo filme de Quentin Tarantino (Kill Bill) e Robert Rodriguez (Sin City), que é constituído de dois longas-metragens pelo preço de um. A produção fez apenas 11,6 milhões, metade do esperado pelos analistas. O filme de maníaco de Tarantino se chama Death Proof, o média de Rodriguez, horror futurista com zumbis, é Planet Terror. Porém, a bilheteria não sinônimo de qualidade: Grind House obteve as melhores críticas dos últimos meses nos EUA.



O primeiro colocado do ranking foi Escorregando para a Glória (Blades of Glory), comédia sobre patinação artística em que o ator contracena com Jon Heder, que ficou novamente com a primeira colocação, com 23 milhões de dólares de sexta a domingo nos EUA. No longa, dois patinadores do gelo, rivais absolutos, são expulsos da Olimpíada e proibidos de concorrer novamente. A única forma de voltarem ao ringue é trabalhando como dupla. A direção ficou por conta dos estreantes Josh Gordon e Will Speck.



Outro que manteve a posição de semana passada foi Família do Futuro (Meet The Robinsons). A animação da Disney (sem participação da Pixar) fez mais 17 milhões de dólares. O filme, que já está sendo exibido no Brasil, conta a história de um gênio infantil, órfão, que tem sua última invenção roubada, ao mesmo tempo em que recebe um visitante do futuro que tem uma coisa ou outra a revelar sobre seu futuro. A animação ficou por conta de Stephen J. Anderson.


Actions

Information

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s




%d bloggers like this: